quinta-feira, 31 de maio de 2012

Vida nova!

Oi gente! Após dias venho aqui explicar o motivo do meu ''sumiço''... Como se fosse preciso. Rsrs

Como muitos sabem ter um bebê em casa requer dedicação total e, eu claro estou completamente dedicada a esta minha nova função, confesso que estou completamente apaixonada! Não há no mundo coisa melhor que ser mãe! Acordar com aquele chorinho de dengo ou até mesmo um sorrisinho aleatório no meio da noite é indescritível. Nos primeiros dias nos sentimos bastante cansadas, mais ao mesmo tempo muuuito felizes, pois fomos capazes de gerar aquele ser que é perfeito, tem olhos lindos, cheirinho de céu e depende de você pra tudo. Amamentar, trocar fraldas, colocar pra dormir, dar banho, se tornam as tarefas mais prazerosas do mundo e, você as cumpre com toda a dedicação e amor, pois sabe que tudo é para o bem estar do seu tesouro!
É incrível como o bebê fica espertinho tão rápido, de um dia para outro são tantas novidades que não sabemos se o tempo esta voado ou se tudo é impressão sua. É lindo como ela sente meu cheiro, ou o do papai e fica calminha em nossos braços, como se nada mais no mundo tivesse importância, ou a maneira como ela sorri quando fazemos algum carinho no seu rostinho lindo... É TUDO LINDO!

Só posso dizer que sou a mulher mais feliz do mundo, e que a cada gracinha ou novidade que Sofia apronta me sinto ainda mais completa, ainda mais mulher, ainda mais mãe leoa! Estou vivendo 11 dias de um misto de sentimentos onde o amor é o principal, 11 dias de vida de minha SOFIA, 11 dias de vida nova!  

Mamãe

 Papaizinho


Isso é tudo!

sábado, 26 de maio de 2012

O MUNDO AGORA É DE SOFIA

Venho com muito orgulho anunciar a chegada da joia mais preciosa da minha vida SOFIA PAULINO COSTA! Minha princesa veio ao mundo na segunda dia 21-05-2012, as 7:28, pesando 2800 e medindo 47 cm.

AS CONTRAÇÕES:
No domingo dia 20 acordei cedo para ir ao hospital Arthur Ramos realizar alguns exames e, aproveitando visitaríamos a priminha de Sofia (MARIANA) que havia nascido na noite anterior, em seguida iriamos para a casa de minha avó como de costume para passar o dia la... Pois bem, tudo andou nos conformes, exames realizados, visitinha feita e, ida a casa da vovó... La senti minha barriga ficar dura várias vezes, como isso nunca havia acontecido comecei a prestar atenção, mais não me preocupei pois não sentia dor, de qualquer forma fiquei bem atenta. De lá fomos comer Sushi, mesmo sabendo que não era muito recomendável para gestação, teimosia de gravida, rsrs... Foi ai que as contrações pegaram mais força, e algumas vieram com uma dorzinha fina que eu achei que seria MUITO mais forte e, era por conta disso que eu jurava que não estava em trabalho de parto.
Minha mãe experiente ligou para a minha obstetra e passou a ficha do que eu estava sentindo, mas médico é médico e acha que paciente sempre esta exagerando, a minha por exemplo me mandou tomar um remedinho que a dor passava -.- da pra acreditar? Mais por sorte ela olhou minha ficha e viu que eu já estava com 38 semanas e, me mandou pegar todas as malinhas e partir para o hospital do açúcar que la ela me examinaria.
Já eram meia noite quando saímos de casa com tudo e, tinha algo que me dizia que realmente era hora de Sofia chegar, não pela contração, não pela dor, era algo diferente, não sei bem explicar (rsrs). Chegando la fui examinada e realmente a médica constatou que eu estava com contrações. Era a hora de SOFIA!

A CHEGADA DE SOFIA:
Após a constatação de minhas contrações minha obstetra me encaminhou para um apartamento, para que pudéssemos organizar os últimos detalhes e, para que eu começasse a ser medicada... Soro, e outros remedinhos, quando tudo estivesse OK a enfermeira iria nos buscar (eu e Ighor) para o centro cirúrgico, mais ela deixou bem claro que o parto só iria ocorrer na segunda 6h da manhã para que tudo ocorresse bem.
 Já passava das 3 da matina, a expectativa era enorme, Ighor não conseguiu fechar o olho, minha mãe pior ainda, faltavam pouquíssimas horas pra minha filha estar ali conosco, até que apaguei... Já fui acordada pela médica as cinco e pouca da manhã para me preparar. Meu coração estava a mil, eu não sentia medo, nem dor, só ansiedade e felicidade. Eu e Ighor vestimos as batinhas e fomos encaminhados ao centro cirúrgico, tudo muito rápido, só deu tempo de ouvir minha mãe dizer: Boa sorte, Deus esta com vocês! 
No centro cirúrgico sentei na cama e Ighor só sabia andar de um lado para o outro com câmera e celular, nervoso era apelido, rsrs, cena muito engraçada. A médica estava pronta, aguardando apenas a anestesista que estava em alguma parte do hospital batendo papo, enquanto eu morria de ansiedade. Após a chegada da bonitona, Ighor teve que esperar na sala ao lado e eu sentada na cama tive que abaixar um pouco para aplicarem a anestesia... Não sei por qual motivo as pessoas criam um bicho de sete cabeças com essa anestesia (Peridural) eu mesma não senti nada ao não ser uma picadinha e me sentir dormente no mesmo minuto... Me deitaram na cama, Ighor voltou a sala e deram inicio aos procedimentos, os médicos conversavam muito, sobre o tempo, que estava calor e outras coisinhas que nem dei atenção, afinal minha atenção estava voltada apenas para minha filha, estenderam o pano azul para que eu não pudesse ver mais nada, esticaram meus braços para os lados e na mesma hora já senti cheiro de carne queimada (eca), segundos depois senti a medica fazendo pressão na minha barriga, uma pressão gigaaante que não tinha anestesia que não desse pra sentir e, em seguida o som mais lindo que já ouvi na vida, o choro da minha filha! Eu não podia acreditar que era mesmo verdade, eu estava tão feliz que não cabia em mim, quando der repente o médico vem com minha joia nos braços, toda sujinha, mais já era linda e, bem ao lado do médico o papai Ighor que seguiu muito bem minha recomendações e não deixou nossa filha só em nenhum momento. Foi um encontro rápido pois tinham que limpa-la e realizar os procedimentos para que nós pudéssemos voltar juntas ao quarto, mais eu posso dizer uma coisa, nunca mais eu esqueceria aquele rostinho na vida!!! Comecei a sentir um pouquinho de dor nos braços mais era bem suportável e acho que era por conta da posição, avisei a enfermeira tranquilamente, fui sedada até terminarem o curativo e voltei para o quarto radiante e grogue, rsrsrs.
No quarto minha mãe estava vermelha de tanto chorar de alegria, Ighor estava tão feliz que também não caia em si, e eu só consegui observar aquele rostinho lindo, angelical e perceber que Sofia era real, que saiu de mim, que Deus me deu a oportunidade de gerar um ser e ser a pessoa mais feliz do universo!
É instintivo, natural, aquela vontade de proteger sua cria do mundo, e analisar todas as loucuras que você já fez na vida e pensar na mesma hora que não quer nunca que sua filha faça, rsrs, ai ai, é muito bom e preocupante ao mesmo tempo, é ser mãe.

Não vou mais me prolongar pois jajá minha cabritinha acorda para sua mamada, ao decorrer dos dias venho relatar os acontecimentos... Isso é tudo!

Eu horrorosa, descabelada e Ighor





sexta-feira, 18 de maio de 2012

Ultima semana?!

Um oi bem caído de sono, um oi de dores... Pois é estou me rendendo completamente! Como essa fase é chatinha, exames a cada piscar de olhos, consultas semanais que se tornaram diárias da semana passada pra cá, visitas ao hospital para os famosos exames de urgência e outras coisinhas mais. Meu corpo quase não resta sangue, contando das duas ultimas semanas pra cá já retirei de 6 a 7 seringas de sangue, sem contar com o coagulograma que da uma furadinha na orelha que no meu caso foram duas furadinhas bem doloridas. E fora isso quem é que aguenta ao menos duas vezes na semana ficar de jejum pra fazer exame? Eu mesma não aguento mais, as comidas nesses dias geralmente ficam mais vistosas e provavelmente mais apetitosas deixando minha pobre barriga bola roncar e acordar a minha querida Sofia com seus chutes finos e empurrões na bexiga,  chega a ser cômico pra quem ler... rsrs

Ontem fiz minha visita a obstetra. Eu já estava crente de que ela não marcaria a data e foi na mosca, a querida não marcou nada, mais me deixou mais animada... Meus exames estavam perfeitos, até o peso da minha bebê ela alegou ser normal devido a minha crise de vômitos semana passada, a placenta esta no grau 3 que segundo ela é muito bom, a região da pélvis já dói muuito porque a hora esta chegando, minha barriga fica super dura com frequência, já sinto algumas dores como se fossem pré contrações, a bebê já esta encaixadinha e a barriga completamente baixa. Percebi que ela tomou um susto quando foi medir minha barriga e viu o quanto Sofia ja desceu. Ela já soltou um: Espera só mais uma semaninha Sofia... e já foi falando o seguinte: Quinta feira veremos os últimos resultados dos exames, arrume todas as coisas da sua bebê e veremos se já podemos operar! Eu fiquei no céu! Só queria dar pulos de alegria e um grito beem escandaloso, mais ainda prefiro deixar pra quando ela marcar mesmo esta data abençoada e demorada, afinal se alegria de pobre dura pouco de grávida dura ainda menos!Rsrs
Aproveitei a consulta de ontem e levei além de minha mãe, minha sogra, porque assim a médica poderia esclarecer algumas duvidas dela e, deu certo, saímos todas quase satisfeitas. só não saímos por completo por conta da data. Todo mundo ta ansioso por esse dia, telefone não parava de tocar e a pegunta era a mesma: Já marcou a data? E la ai eu explicar como foi a consulta por várias vezes, rsrs, até me acalmou! 

Amanhã se Deus quiser arrumaremos a casa inteira pra espera Sofia porque a médica já avisou que minha bolsa pode estourar a qualquer momento, então vamos prevenir né. Carrinho, banheira, lixeirinho, baldinhos, brinquedinhos e todos os inhos no lugar amanhã mesmo! E nada de sair de casa, ja basta de tanto susto nos finais de semana! 

Isso é tudo! 

quarta-feira, 16 de maio de 2012

Isso não é normal!

Se minha ansiedade era grande agora ela é 10x maior. Minha consulta com a obstetra é amanhã e se Deus quiser essa moça vai marca a data de Sofia vir ao mundo. Eu sei que a Dr não aguenta mais ver minha cara, da semana passada pra cá ela me viu quase todos os dias, foram tantas doenças repentinas por culpa da ansiedade que não sei controlar... Espero que como recompensa de tantos aperreios ela colabore (dedos cruzados).
Toda noite antes de dormir olho as fotos da ultra, rsrsrs, nunca me senti tão boba! Não to normal não, mais também quem ficaria? Todas as gravidas ''parindo'' e eu aqui a ver navios, esperando a minha querida Dr dar um sinal de fogo. Eu já arrumei mala, desarrumei, arrumei de novo, fiz a mesma coisa com o quarto, já organizei as lembrancinhas da maternidade, já arrumei tuudo e não tenho mais absolutamente nada para fazer a não ser ficar angustiada e contando os dias, as horas os segundos... estou a ponto de um colapso!!! E nem precisa ninguém vir aqui pedir pra eu me acalmar e dizer que isso não faz bem ao bebê e que jaja a hora chega, blablabla, minha mãe repete isso todos os dias mais, NÃO SEI ME ACALMAR, definitivamente!To achando que minha médica vai me receitar um calmante, descobri que mulher grávida é 100x pior que mulher na TPM rsrsrs.
Só o que me resta é acabar com o pote de sorvete napolitano e a caixa de chocolates, porque no momento isso ainda pode!
Isso é tudo.

terça-feira, 15 de maio de 2012

Ultrassom

Ontem fiz meu ultrassom de 37 semanas, a coisa mais linda do mundo!!!
Vi o rostinho de Sofia em 4d e claro não teve como conter a emoção, minha mãe ficou radiante, a felicidade não cabia dentro dela e, o tio Pedro que foi pela primeira vez acompanhar o procedimento parecia não acreditar nas forminhas e nos movimentos perfeitos da sobrinha, rsrsrs. A cara do papai Ighor não preciso nem comentar né?! não desgrudou o olhar um segundo da tela e o sorriso não saia do rosto, todo mundo completamente emocionado, foi o máximo! 
Todos da família acharam Sofia a minha cara, fiquei no céu! E o nariz é claro o do papai, não tem sombra de duvidas, rsrs...
Este exame estava marcado a mais de um mês e vou contar viu haja coração pra aguentar tanta demora. Tudo o que a gente sempre quer é saber se esta tudo normal com nossos bebês e é uma tortura esperar tanto para um exame como este, o bom foi que após tanta espera os resultados foram melhores do que esperados. 
Minha bebê é grandona, só não lembro ao certo as medidas, esta pesando 2,590 pois devido minhas náuseas ela perdeu algumas gramas (que dó :/) que vão ser recuperadas logo, o cordão enrolou no pescoço, mais esta folgado e não é nada grave graças a Deus! No mais tudo esta perfeito. Agora é esperar dia 17 e ver se a Dr quer marcar a data da chegada de Sofia. 
Enquanto isso fico aqui nos últimos preparativos do quarto e das lembrancinhas pra não surtar de tanta ansiedade! 

Isso é tudo! 
   

segunda-feira, 14 de maio de 2012

Deus é mais...

Gente to precisando com urgência me benzer!!! rsrs... Sério mesmo!
Minha gestação foi tão tranquila e sadia e agora no final tanta palhaçada acontecendo, acho que tem alguma coisa de sacanagem pro meu lado...
Começando:
Sábado paguei um King kong ! Começando o dia fui ao salão com minha mãe dar um trato no visu pré-histórico e, logo em seguida fomos a casa de nossa tia, eu não estava me sentindo muito bem, mais achava que era alguma indisposição e que logo iria passar... papeamos por horas e o mal estar só aumentou, uma náusea quase incontrolável, tentei ser discreta e puxei minha mãe pra casa pois a qualquer momento eu ia por o bezerrão pra fora, rsrs. Em casa tentei respirar fundo, fazer yôga, dar uma lida no mantra dos deuses mais nada adiantou, então quase vencida pela náusea me arrumei e partimos para a festinha de um ano da priminha do ighor. Fui o caminho inteiro respirando fundo, parecia uma balão de tanto ar que ja tinha respirado, uma angustia FDP terrível... Chegando na festa, falei com todos os familiares do marido, todos queriam ver minha barrigona, passei por quase todas a mesas, aproveitei que por enquanto quem chama atenção sou eu porque jaja tudo vai ser só para Sofia,rsrs até melhorei do mal estar. KAKAKA como sou tolinha... foi só eu sentar e colocarem um pratinho cheio de doces e outros cheio de salgadinhos na minha frente que meu estomago deu a volta ao mundo! Eu literalmente corri pro banheiro, não sei a velocidade exata, sei apenas que viram meu vulto correndo em direção a porta do alivio...
ESTÔMAGOS FRACOS NÃO LEIAM:
abri a porta do banheiro e só deu tempo de chegar na pia... Pois é, foi vômito para todos os lados, eu me senti o filho do Shrek, unica cosa que vi além do vômito foi minha mãe, meu pai e Ighor, todos dentro do banheiro feminino me socorrendo, uma cena completamente trágica e cômica! E o pior não foi isso... Como eu ia sair daquele banheiro toda suja?
Me arrumei como pude, por sorte o estrago não foi tão grande nem visível ainda voltei pra cadeira e relatei o acontecido a todos da mesa. QUE MICO! O mal estar passou por alguns minutos e logo voltou, eu que sou filha de Deus corri pra casa, afinal ja tinha pago mico demais num dia... em casa foi a mesma coisa, nada que comia ou bebia parava dentro de mim, liguei para a medica e ela me atendeu quase meia noite (coitada).
Fui devidamente intimada a comparecer no hospital as 7 da manhã em pleno o domingo dia das mãe para realizar uma bateria de exames de urgência. Passei a madrugada em claro junto com minha mãe que me amparou a cada nova ânsia, uma madrugada TERRÍVEL e, no outro dia ja estava no hospital realizando todos os procedimentos, passei meu primeiro dia das mães doente, pelos cantos e sem conseguir comer nada direito. Ganhei presentinhos do marido, das tias de todos, fiquei bem feliz rsrsrs. o resultado saiu no mesmo dia e a médica diagnosticou Infecção urinária, nada grave, um bom remédio resolve, aliviei!
Deus me proteja e proteja minha filha agora faltam duas semanas no máximo e tudo vai dar certo! 
Ighor coitado ficou tão apavorado com a situação que adoeceu também, agora estamos nos recuperando de mais um final de semana tenebroso e rezando para tudo dar certo! E vai dar! Isso é tudo!


sábado, 12 de maio de 2012

Acontecimentos, 9 meses de gestação!

No post passado já relatei o motivo do meu abandono ao lar... Mais agora estou de volta e vou começar relatando um pouco da minha semana PUNK!

Sábado passado como vocês já sabem senti dores completamente estranhas e, quase achei que era a hora de parir ter bebê... pois bem no mesmo dia minha barriga ficou cheia de pintinhas vermelhas, mais como sou neurótica ao extremo resolvi ignorar para dar um desconto ao pessoal aqui de casa, no domingo elas continuaram ainda mais vermelhas e na segunda sumiram, ufa... Bom eu imaginei que tinha realmente sumido, mais na terça-feira elas reapareceram com tudo e, pelo corpo inteiro, me senti a galinha pintadinha e liguei logo para a obstetra, ela por sua vez foi bem clara e falou pra que eu não demorasse, cheguei em 5 minutos no consultório, passei na frente dos outros pacientes e fui logo examinada, como ela não é dermatologista fui encaminhada a uma no mesmo prédio... Chegando la ela me deu ''alguns diagnósticos'' ou seria stress, ansiedade, por conta da chegada do bebê, poderia ser também algum tipo de reação alérgica a algo que comi, bebi ou alguma medicação, ou poderia ser RUBÉOLA! Ao ouvir este ultimo diagnóstico meu coração ficou apertado, minha vontade foi de chorar e chorar ali no colo da Dr, eu não sabia se agora no final da gestação isso poderia afetar minha filha, entrei em pânico por dentro, mais me contive pra não fazer alarde, afinal pensamentos negativos atraem coisas negativas. A Dr muito paciente e calma tentou me tranquilizar dizendo que rubéola era o ultimo caso e, que nenhum sintoma indicava isso a não ser as manchinhas no corpo, mais era tarde de mais eu já estava em CHOQUE! Ela me passou alguns exames de sangue e um talco liquido para usar no corpo, entreguei logo a receita ao meu pai que estava me acompanhando e ele foi correndo providenciar tudo, tadinho viu o panico no meu olhar, rsrs...
No dia seguinte (quarta-feira) 6 horas da manhã eu já estava de pé para fazer meus exames de sangue, com uma fome do cão gigante só olhando as pessoas aqui de casa tomando seu belíssimo café da manhã que me aparentou ser muito atraente justo nesse dia. Pois bem enfrentei uma espera memorável naquela recepção do laboratório cheia de gente espirrando, tossindo e, passando uns 100 mil vírus novos para mim e para a coitadinha da Sofia, por sorte ainda existem pessoas maravilhosas nesse mundo como a senhora que me cedeu uma de suas fichas e graças a ela fui logo atendida. Após o exame voltei pra casa e fui me organizar pois era dia de tirar as fotos do book... uma sacanagem justamente no dia das fotos estar cheia de pintinhas vermelhas pelo corpo inteiro, tive que mudar até algumas roupas que levaria, só para tentar esconder a erupção em meu corpo... fomos a seção, tiramos as fotos, escolhemos as melhores e voltamos para casa, notei que algumas machinhas saíram, mais ainda sim chorei muito, de medo que algo pudesse prejudicar minha filha e não conformada com o diagnostico da primeira dermatologista eu e minha mãe resolvemos marcar uma consulta com outro dermatologista, um que já atende TODA a nossa família seja qual for o problema, rsrsrs... Foi a melhor coisa que fiz, nada melhor do que expor todas as suas duvidas e temores a um médico experiente e tranquilo, ele foi super franco comigo dizendo que não poderia descartar a hipótese de rubéola  enquanto não saíssem os exames, mais que se fosse isso mesmo não afetaria em nada a mim muito menos ao meu bebê e, ainda disse que na opinião dele aquelas manchinhas eram devido ao stress, e que Sofia ja não tem mais espaço, esta querendo sair e que o corpo libera esse tipo de reação no final da gestação e blabla... UFA! Sai de la mais leve, completamente sorridente, feliz e despreocupada!
Ontem sexta feira meu corpo amanheceu sem nenhuma macha, é como se nada tivesse acontecido e eu estou aqui feliz e agradecendo a Deus mais uma vez por estar tudo bem comigo e com minha princesinha!

Hoje, sábado dia 12-05-2012 completo 9 meses de gestação e, agora sim Sofia chega em alguns dias!!!

Aqui algumas fotos do book, graças a efeitos algumas machinhas n apareceram, rsrs...

 Sofia ficou um pouquinho torta na barriga da mamãe, rsrs

Papai e mamãe


Beijinho do meu paizinho! 

  Rsrs, Isso é tudo!

sexta-feira, 11 de maio de 2012

De volta, Plagiadores,Denuncia.

Pois é voltei mais uma vez!
Esta semana fiquei indignada com a capacidade de plágio das pessoas e exclui minhas publicações, com a simples intenção de preservar minha privacidade e para analisar se posts alheios poderiam fluir sem ser cópias dos meus. Bom, me dei conta a tempo de ver que quem visita meu blog sabe que tudo o que posto vem do meu cotidiano e descobri que posso denunciar OS plágios e os tais serão excluídos, UHUUL!!!
Como sou impulsiva ''por demais'' exclui meus textos, fotos, absolutamente tuudo (Momento de fúria é foda o fim) e nem se quer tinha um rascunho dos textos, rsrs, me arrependi e quis voltar atrás, por sorte consegui recuperar tudo, menos os comentários dos meus visitantes, mais com  tempo tudo vai voltando ao normal!
Não me revolto mais com os plagiadores afinal a politica de denuncia aqui é rígida, estou pondo em pratica já!

Retrospectiva


Pois é estou chegando no fim de minha gestação... Agora as dores são constantes, os inchaços inevitáveis, os quilinhos a mais nem tem mais importância e a ansiedade impera! Sem falar no amor... Tão grande, tão inexplicável, simplesmente meras palavras não descrevem (total clichê)!

Muitas mulheres sonham em engravidar, eu nunca sonhei nunca me imaginei no papel de mãe e, confesso que foi um susto, mais os planos de Deus são maiores que os meus!
Pois é, maiores e MELHORES que os meus, descobri em mim uma mulher capaz de enfrentar barreiras sem me deixar cair, capaz de não dar ouvidos a pessoas recalcadas e infelizes que acham que filho é um atraso de vida e principalmente a dar valor a família e ao marido maravilhoso que deus me deu, sempre ao meu lado cuidando de mim e da pessoa mais importante das nossas vidas: SOFIA! Foi a melhor noticia que recebemos o melhor presente, veio no momento em que todos nós precisávamos de um motivo pra sorrir, pra comemorar e pra unir ainda mais a todos nós!
Hoje vou fazer uma ‘‘retrospectiva'' com algumas fotos que marcaram esse momento indescritível que estou vivendo.

Os primeiros presentinhos de Sofia foram das tias avós e da biza, inesquecíveis, um vestidinho da Biza Vandege mesmo sem saber o sexo do bebê na época e, camisetinhas, luvinhas e sapatinhos da tias avós (Vany, Vera e duda). Como perdi todas as fotos do pc não tenho mais as fotos deles :/

O primeiro ultrassom, e a ficha começando a cair, ouvir as batidinhas do coração foram a melhor sensação que ja tive na vida! Vovós e papai controlando o choro foi super engraçado!

A primeira foto da ''barriga'' com 2 meses
segunda ultra com 4 meses e a descoberta do sexo, muita emoção!


Escolhendo o tema do quartinho de Sofia: tinha que ser rosa é claro!


Barriga de 3 meses:

Barriga de 4 meses:

As primeiras calcinhas, lindaas, fofas e cor de rosa rsrs

Babando alguns dos sapatinhos, com direito a tênis e chinelinho de dedo, coisa fofa!

Barriga de 5 meses:

Barriga de 6 meses:

A primeira roupa de praia tem como esquecer? rsrs, olha só esse biquine que ela ganhou da tia avó Vânia
Barriga de 7 meses:


Barriga de 8 meses:


 Alumas roupinhas começando as serem lavadas pra arrumar a mala da maternidade. Momento único! 
 Os sapatinhos e luvinhas secando, uma graça, rsrs
Nossas malinhas prontas para a maternidade, frio na barriga, ansiedade pra ver minha bebê!
  
Estamos muito ansiosos pela sua chegada filha, agora faltam poucos diassss, TE AMO MAIS QUE TUDO NESSE MUNDO!!!







Isso é tudo!






Retomando... SUSTO!


Depois de uma longa semana sem dar o ar da graça cá estou!
Parece que o tal mistério da minha queria internet não estar funcionando foi solucionado, graças ao Ighor que de tanto fuçar arrumou, AMÉM!

Vou fazer um resuminho do que aconteceu...
Durante a semana nada demais aconteceu, além da minha consulta a obstetra e da descoberta de mais 2kg adquiridos em 15 dias, achei que levaria a maior bronca mais a querida Dr. aliviou pro meu lado afinal semana que vem ja completo 9 meses e isso não ia fazer diferença alguma agora no fim... Somando as gordurinhas adquiri 13 kg até agora, espero que pare nisso, mais não prometo nada, rsrsrs... A médica me garantiu que dia 17 me diz a data da chegada de Sosso, Deus queira!
Essa semana experimentei novas dores, como se ja não bastasse as que ja sentia! Como sou mãe de primeira viajem descobri que elas são causadas pela dilatação e que com certeza vão ficar bem piores nessas ultimas semanas, uma sensação de exaustão ABSURDA, estou de fato contando as horas pra Sofia nascer, pela ansiedade e lógico para essas dores se escafederem! -.-
Passei o resto das roupinhas e pus tudo nos seus devidos lugares, minha mala ja esta pronta e a de Sofia ficou pronta ontem por conta do susto que eu minha mãe e meu marido passamos, rsrsrs...


O SUSTO:
Ontem (sábado, dia 05-05-2012) fomos ao aniversário de um amigo nosso, em um sítio. Um lugar supeer tranquilo, maravilhoso! Até ai  tudo estava nos conformes menos meus pés e mãos que incharam MUUUUITO, nunca tinham ficado tão grandes como ontem, mais fiquei tranquila porque é normal tudo isso acontecer no final. Aproveitamos muito o dia e ainda demos uma passada na praia da Barra Nova pra encontrar a sogra e ver a lua que estava LINDA e cheia, papeamos e voltamos pra casa... no caminho comecei a sentir dores, mais eram dores tenebrosas, nunca tinha sentido com aquela frequência, não conseguia me esticar, a barriga estava ficando dura e eu só conseguia pensar que Sofia ia nascer, que eu estava em trabalho de parto, só faltava a bolsa estourar, um desespero!!! Eu me contive pra não preocupar meu marido mais ele percebeu semblante de pânico e viu que algo estranho estava acontecendo. Eu só conseguia pensar em chegar em casa e consultar minha médica de plantão (minha mãe) e pedir explicações sobre aquela dor tremenda! A dor era tão grande que até respirar estava ficando difícil e para uma pessoa escandalosa, desesperada e despreparada com eu não tinha como me manter num juízo normal, não sabia se eram contrações, ou se era outra coisa, só conseguia pensar que Sofia ia nascer naquela hora e a mala não estava pronta! Chegando em casa ja fui logo anunciando o tamanho da dor e o tamanho da minha preocupação, Ighor ja chegou com olhos saltados e nervoso, minha mãe percebeu nosso pânico e também congelou. Então a consulta começou, ela me perguntou tudo o que comi, bebi e fiz no dia e, lógico passei a ficha completa... ela me mandou tomar um banho e deitar pra ver se a dor passava, como passei o dia inteiro sentada poderiam ser gases, rsrsrs. Fiz tudo que foi recomendado por ela mais a dor persistiu, passei algumas horinhas me contorcendo, e tentando me acalmar um pouquinho... logo as dores foram diminuindo... pulei da cama coloquei tudo que ja estava separado na mala de Sofia com ajuda da minha mãe e deixei tuuudo pronto caso tivesse que ir a maternidade. Tudo começou a se normalizar inclusive meu juizo.  A dor passou!
Bom não eram contrações, provavelmente foram gazes, mais quase acreditei na história que ela ia nascer porque a lua estava cheia, rsrsrs e só assim tudo ficou pronto, AMÉM!

Até agora nada anormal aconteceu, antes disso postarei, rsrsrs. Isso é tudo!
https://blogger.googleusercontent.com/tracker/1187086324084374702-1234058679977431686?l=jessicapaulino.blogspot.com

35 semanas


Gente to com 35 semanas ja, nem da pra acreditar que daqui a 4 ou 5 semanas Sofia ja vai estar conosco!

Relatos:
No sábado fiquei sabendo que a priminha dela (Mariana) ja vai chegar no dia 19 e minha ansiedade é claro só aumentou.
Os sintomas de azia e náuseas estão com tudo esses dias, sem contar que pés e mãos estão bem inchadinhos.
Quinta feira vou levar um esporro da Dr. pois engordei 2kg e não podia engordar mais nada... Fuuu...
Minha filha não ta mais cabendo aqui nessa barriga, ta apertado pra mim e pra ela, a cada mexida eu ja corro pro banheiro e, ela ainda vai crescer mais... Não to mais aguentado de dor, só que agora falta pouco, é aguentar caladinha.

Ao que tudo indica esta é a posição atual de Sosso, isso explica porque a cada chute a comida voltar até a minha garganta (eca), rsrs


Nossa Sofia com 35 semanas:

Isso é tudo!


TA DE BRINCADEIRA NÉ?

Já não é mais novidade pra ninguém que eu sou uma pessoa completamente destemperada e, que depois da gravidez tudo isso multiplicou pra infinito. Bom sabendo disso muitos estão loucos pra que Sosso chegue logo, porque conviver com uma bomba relógio definitivamente não da e, talvez com sua chegada eu possa me transformar numa pessoa, meiga, graciosa, carinhosa e até simpática... na verdade todo mundo gosta mesmo é de se iludir né, deixa eles, rsrsrs...
No inicio da semana minha internet começou a aparecer e me aborrecer, fazendo o lindo favor de cair a cada piscada de olho, eu muito calmamente tentei resolver o problema religando alguns fios aqui no modem só que não deu muito certo, então liguei varias vezes pra central de atendimento mais a P* só chama... pois bem quando atenderem eles rezem bastante pra me pegar num bom dia, no dia de um milagre feito por Deus! Ui...
Pra melhorar hoje logo cedo quem resolveu dar o ar de sua graça foi a máquina de lavar aqui de casa, ela deu uma pane com as ultimas roupinhas de Sofia dentro! A querida não roda, não destrava, não seca a água não faz nada a não ser um barulhaço, lógico que eu não ia ficar perto, vai que depois esse negocio explode sei la, sem contar com as roupas da minha filha que estão la! Entrei em desespero querendo resgatar as roupinhas e não podia... Liguei um zilhão de vezes pra minha mãe pra ela me dar um Help mais ela me desprezou igual a central de atendimento e nem se quer me atendeu... agora ela chegou do trabalho e ja esta partindo pra o outro, mais antes tentou dar um jeitinho de arrumar a máquina e, adivinha?! A graciosa quebrou mesmo e não tem nem um ano de uso, estou respirando fundo pra não ir la e dar uma sequencia de chutes na querida! Parece coisa proposital né? Ou então a produção ta querendo tirar uma onda com minha cara... por enquanto só rindo pra não chorar, rsrsrs.

 Isso é tudo!


Imagens


32 semanas: 

 33 semanas:

 34 semanas:

    Uma de nossas demonstrações de amor a nossa filha querida

Ja tentei por mil vezes fazer um post decente mais minha net n esta contribuindo, então no momento serão apenas essas imagens, mais tarde posto algo bom, rsrs. Isso é tudo.



Preparação... Emoção...

Estou com 34 semanas e 4 dias, ja sinto aquele frio na barriga, ansiedade, ansiedade... a tensão vai ficar pra ultima hora mesmo.

Organização das roupas:
 Ontem minha mãe passou as roupinhas de cama de Sofia, hoje serão as roupinhas dela usar na maternidade, como não sou boa com esse negocio de passar roupa e como minha mãe parece estar bem mais ansiosa que eu rsrs fico muuito feliz e grata pela ajuda, amo muito essa vovó babona da sosso, ai de mim se não fosse minha mãe!

Brinquedos:
 Ontem o papai Ighor comprou uns brinquedinhos lindos e bem coloridos, acreditam que ela só tinha ursinhos de pelúcia e nada de brinquedos anti alérgicos? Agora que estamos preparando o estoque de brinquedinhos dela, jaja serão as Barbies, não sei se quem vai sonhar mais sou eu ou ela com tanta boneca linda! kkkk. To ficando boba e melosa, quem diria! 

Coisas de ultima hora:
 Aqui ainda faltam alguns detalhes que pra mim são bastante importantes (novidade) Tem prancha pra pendurar na parede, porta retratos e álbuns a serem providenciados e organizar minha mala da maternidade, coisa que ja nem lembrava mais rsrs.

Consultas:
  Ja tenho consulta marcada pro dia 3 com minha obstetra queria que ela marcasse logo essa data, quero Sofia pra MAIO e não pra junho!!! Tenho ultrassom pro dia 14, parece longe mais ja é daqui a duas semanas praticamente, imaginem minha ansiedade e, provavelmente Sosso chegará logo depois pois ja vou estar completando 38 semanas, da pra acreditar??? Só Deus sabe como ta meu coração!!!

O que provavelmente não vai rolar:
 O book que iriamos fazer ( eu e ighor ) provavelmente foi pro beleléu para minha decepção :/ então só me resta recarregar as câmeras e fazer minha seção e casa mesmo rsrs, o que vale são as lembranças, mesmo que simples!

Mala da maternidade:
 Bom isso é certeza de ficar pronta essa semana!!! não espero mais ajuda, nem boa vontade de ninguém, minha ansiedade fala mais alto e eu mesmo vou organizar isso. Pareço uma louca ou melhor foi isso que me tornei, rsrsrs...


Hoje vou postar umas fotos com minha família, todos que me apoiaram em todos os momentos de minha vida e principalmente na minha gestação, fazendo com que tenha dado tudo certo até hoje! Obrigada por tudo amo todos vocês de uma maneira que tomo todos pra mim pra cuidar pra sempre!
       Minha mãe querida!

Família:
 vovó: 
Tia duda:
 Tia Vany e tia Vera:
Tia Miriam e prima Martha
                                     
Amor e sogra Kátia:
                                      

Ainda falta fotos de muita gente, mais em fim, MINHA FAMÍLIA É TUDO!




EU VOU SENTIR FALTA...


...de quando nós dois éramos apenas um;
...de ser elogiada todo dia;
...de sentir minha barriga mexer;
...de ganhar comida de presente;
...de tomar dois sorvetes sem culpa;
...de quando minha barriga não chamar mais atenção;
...de ser bajulada o tempo todo;
...de escutar meu som favorito, a batida do teu coraçãozinho;
...de esperar ansiosa pelas ecografias;
...de ser chamada de barriguda e ficar feliz;
...de ler mil artigos sobre o mesmo assunto: a gravidez;...de ficar curiosa imaginando como será seu rostinho e com quem será parecido;...de desdobrar suas roupinhas e guardar todas de novo;...de fazer xixi a cada hora, inclusive de madrugada;...de me sentir cansada, com dor nas costas;...de me pesar e ficar feliz com cada quilinho a mais;vou ter muitas saudades do meu barrigão, mas essa falta será compensada... Pois você meu anjinho vai estar aqui comigo... toda hora, todo dia...Enfim ESTOU REALIZADA TE ESPERO DE BRAÇOS ABERTOSMEU AMOR!!!! SOFIA PAULINO COSTA


Isso é tudo!

Grávida e chata...


Me descubro cada vez mais sem paciência, não sei se por falta de ''cama'', por ganho de peso, por não conseguir andar meio metro sem inchar o pé, ou pelo simples fato de não  conseguir me concentrar mais em nada a não ser Sofia 24h por dia e o sintomas que me consomem!
Chegado final de semana fico louca pra sair, mais logo vejo que não tenho mais pique para isso e que tenho que começar a aquetar em casa... no sábado sai as 15:30 acompanhando a família a duas festa de aniversário,  sai feliz e animada por não estar em casa, mais alegria de pobre dura pouco e de grávida de 8 meses nem se fala! Na primeira festa eu ja estava profundamente arrependida de ter deslocado meu traseiro gordo e meus pés gigantes de minha casa, sentia-me exausta, pés inchados, sonolenta, com as costa doloridas e com um calor que não sei de onde surgiu. Desesperador!!!(pausa dramática)
Mas como não gosto que estraguem minha festa fiquei quietinha pra não atrapalhar o passeio de ninguém com o pensamento positivo de que tudo ia passar (ilusão), até ai quase tudo bem, nos despedimos da primeira festa e partimos para a segunda, essa eu sabia que não sairíamos nem tão cedo, como todos ja conhecem meu stress e minha situação delicada, la na festa ja tinha meu lugar reservado, isso mesmo um
 lugar vip para minha pessoa e Sofia, com direito a cadeira de balanço,apoio para os pés e atendimento selecionado! Fiquei menos tensa e tentei relaxar... mai não deu! Sofia deve amar som, musica alta porque perdi as contas de quantos chutes e socos levei nas costelas e na bexiga por conta dos passos frenéticos dela, sem contar com a visita inesperada de mosquitos, pra quem não sabe sou alérgica e fico toda pipocada rapidinho, por sorte a aniversariante ja tinha me reservado um repelente maravilhoso que foi tiro e queda, foi então que comecei a me acalmar, até curti a festa, conversas, e curti principalmente as comidas, kkkk, toda gordinha grávida que se prese não dispensa uma boa e velha comidinha de festa seja ela qual for, mais foi só eu ouvir alguém falar a hora que minha querida amiga CHATICE voltou, aquele sono, aquelas dores, tudo, tudo voltou na mesma hora, eu realmente não aguentava mais e convenci a todos, pai, mãe e marido que ja era minha hora de voltar pra casa, todos conscientes e pacientes acataram minha ideia e tornamos a nossa casa, afinal ainda havia um domingo a nossa espera (ja temido) ... Chegado domingo dia de jogo de Vasco x Flamengo, minha pessoa que ODEIA futebol com todas as forças desse mundo ja havia sido convencida a ir a casa de um amigo do Ighor para acompanhar os momentos de insanidade dos homens. Por sorte recebemos uma ligação de minha tia e fomos almoçar na casa dela e eu claro crente que poderia desistir de ver o jogo me iludi... Algumas horas se passaram e la fui eu sair da casa tranquila da minha tia e ver o bendito jogo completamente contrariada e chateada, ouvir os gritos de amor e paixão que nunca compreendi do marido, do meu pai e dos amigos deles... Sofia como sempre fez a festa e chutou muuito, acabando comigo e com minha velha bexiga. Graças a Deus o time deles venceu, deixando os dois bastantes felizes e incapazes que contrariar minhas vontades rsrsrs, pedi e voltamos correndo pra casa da minha tia pois ja haviam tortlets quentinhas me aguardando! Comi horrores, conversamos horas e horas sobre os bebês, o de minha prima que completa 5 meses essas semana e eu sobre Sofia que ainda permanece no meu ventre. Nos despedimos e retornamos ao nosso lar, estava tudo bem, eu feliz e de pança literalmente cheia, pai e marido felizes com a conquista do time, minha mãe rindo de tudo e em fim... eu respirei aliviada ao olhar minha linda cama e imaginar boas horas de sono e descanso, mais é claro a AZIA apareceu e me consumiu da hora em que deitei até hoje pela manhã, levando meu sono e meu conforto pra ponte que partiu, deixado minha pessoa mais uma noite em claro e mais uma vez completamente chateada por não conhecer mais a palavra descansar.
Agora pensem comigo, tem como não ficar chata? rsrsrs


Isso é tudo! 

Oitavo mês de gestação... temor sobre o parto


Bom agora que estou no meu OITAVO MÊS DE GESTAÇÃO, eu não consigo pensar em outra coisa  a não ser o parto! No início da gravidez ele era um tema secundário. Mas conforme a barriga foi crescendo, o parto ganhou espaço na minha lista de assuntos preferidos e ultimamente lidera o ranking da ansiedade.
Li e ouvi todo tipo de coisa sobre todo tipo de parto. Relatos tristes, dolorosos e assustadores. Histórias lindas, tranquilas e inspiradoras. Algumas ajudam a decidir o que ainda não foi definido e colaboram para eu me preparar para esse momento tão especial e, ao mesmo tempo, tão desconhecido. Outras me oprimem e fazem tudo parecer mais difícil. 
Eu optei por cesariana, nunca fui fã de parto normal, acho uma coisa muito tenebrosa, dores, gritos, suor, coisa de outro mundo! Sem falar em ser obrigada a sentir contrações e afins, ja não sou uma pessoa mt controlada, imagina sentindo DOR! Credo.
Penso na cesariana não como a solução dos meus problemas (dor, medo) e sim numa maneira mais segura e ''menos dolorosa'', digo isso porque ja vi muitas mães que tiveram por meio de cesária e o pós operatório foi tranquilo, sei que não vai ser preciso fazer esforço algum e que a recuperação vai ser tranquila.
O que temo de verdade é a bolsa estourar em qualquer lugar, qqr hora do dia, na minha agonia não vou saber manter a calma, vou me desesperar e chorar, pois é só o que tenho feito quando estou no sufoco e, que não seja no dia previsto pela médica. Sacanagem me planejar direitinho marcar salão para arrumar a crina, dar um jeitinho nas unhas e a qqr momento PUF! rsrsrs 
Mais vou manter o pensamento positivo e repetir mais uma vez o mantra ''VAI DAR TUDO CERTO, RESPIRE FUNDO, FIQUE TRANQUILA''  rsrsrsrs e é isso, Boa sorte pra mim e pra minha Sofia! 



Essa ai sou com vergonha tirando foto da minha pança de 8 meses! rsrs





Isso é tudo!

Grávida e as tentações!

Quando engravidei pesava 58 kg. Não era nenhuma top model, mas as poucas gordurinhas estavam ''bem'' distribuídas. Treze quilos a mais (e cem gramas…não vamos esquecer dos cem gramas!) em sete meses têm uma consequência direta e dolorida nas pernas, na circulação e nos ossinhos de uma vertebrada acostumada a carregar bem menos peso. Sem falar na falta de equilíbrio (emocional e físico).
Para me defender das broncas da médica (que esperava que eu engordasse 12 kg em 9 meses), desenvolvi muitas teorias e quase apresentei algumas para a minha obstetra-puxadora-de-orelha-de-grávidas-gordinhas.
*Pausa para minha defesa

Tenho uma teoria sobre a obstetra também. Esbelta magrela como é, certamente ela tem raiva das pessoas carnudas e gostosinhas como eu (kakaka). Aposto que sempre sonhou em ter estas coxas de mulher-melancia, estes peitos bovinos (existe vaquinos?) e esta anca de rinoceronte. Então a gente não pode levar muito a sério quando ela dá bronca por conta de inocentes quatro quilinhos (e cem gramas) a mais em um mês. Pessoa vingativa que é, ela dá bronca, critica a alimentação desta grávida esfomeada e ainda levanta suspeitas de doenças graves como diabetes gestacional falta de vergonha na cara.
A boa notícia é que a primeira foi descartada após a realização de um sádico exame durante o qual a vítima grávida  ingere um pote de açúcar e depois é furada seguidamente. A má notícia é que a segunda doença (falta de vergonha) não tem cura. Então meu acesso à sorveteria continua liberado. Já estou estudando com meus advogados um processo por danos morais e alimentícios contra o dono do mercadinho, um dos culpados pelos meus três quilos a mais no sexto mês de gestação e pelos quatro quilos (e cem gramas) a mais no sétimo mês. Se ganharmos a causa, vamos receber o pagamento todo em pacotes de cheetos.
Fim da pausa para defesa*

1)  Projeto Arquitetônico
Sou alta para algumas mais baixinha para mim, nunca fui de ter cintura fina nem pouco culote. De repente, este corpo de estatura ''mediana'' deu de cara com um peso acima da “média”. Como esse trabalho está sendo realizado na região do abdômen, é natural que o corpo providencie um alargamento das bases (coxas, bundas, pernas e pés) da estrutura. Afinal, não é preciso ser um Niemeyer para entender que a base precisa ser proporcionalmente forte para suportar o peso que é colocado sobre ela. Então o que alguns chamam de gordura excessiva, eu prefiro (arquitetalmente falando) chamar de Processo de Ampliação da Base do Sistema Gestacional. rsrsrs

2) Quando engravidei, a médica profetizou: deitarás e gerarás. 
Viu? Tudo culpa daquela magrela invejosa, de novo! Durante os três primeiros meses de gravidez, por sugestão dela, reduzi o ritmo. Não corri, não pulei, não passei rodo no chão da casa. Parei com os exercícios, ingeri vitaminas e ácido fólico. Os primeiros três meses da gestação são os mais frágeis, descanse e observe sua barriga crescer, disse a médica. Foi o que eu fiz. Deitei no sofá com o notebook e curti. Não! Ela não tinha orientado algo do tipo “aproveite que está em casa e abra a geladeira de meia em meia hora para atacar o pudim de leite condensado, o sorvete de napolitano e o iogurte gelado com cereal de chocolate”. Isso foi ideia minha! Mas é preciso frisar que em nenhum momento ela deixou claro que isso poderia ser prejudicial, ela nunca disse algo do tipo: “fique longe do sorvete de napolitano!” Então eu pergunto: na minha inocência de grávida de primeira viagem, como eu poderia saber que aquelas doces criaturas que moravam na geladeira eram na verdade seres malignos dotados do poder de inchar coxas e bundas?

3) Fui vítima de um complô!
Tive enjoo, azia e, vômitos. Mais nem todas essas coisas desagradáveis me impediram de comer. O que eu tive desde o início, e tenho até hoje, FOME. Muita fome. Disfarçadas de amigas, mãe, cunhadas e sogra, as cúmplices da minha médica esquelética ficavam (e ainda estão aqui) à minha volta repetindo mantras gestacionais:
- você não está gorda, está grávida!
- você precisa comer por dois!
- depois que o bebê nascer você “perde” tudo rapidinho!

Conclusões do caso:

1)Fora de cogitação fazer dieta durante a gravidez, né? Meu bebê está forte e saudável graças à minha dedicação em nutri-lo diariamente com frutas, legumes, arroz integral, cereais, leite, sorvete, pudins, pães, empadinhas, esfirras e outros suprimentos calóricos. O jeito é seguir com a dieta, pois não posso modificá-la agora. Isso poderia causar um trauma grave no bebê. Ele pode decidir chutar meu estômago com muita força cada vez que eu me recusar a comer um danoninho ou um flan de chocolate.

2) Lá no início da gravidez, quando a médica disse que eu poderia/deveria engordar uns 12 kg no total durante toda a gestação, eu pensei:
- Gente, essa mulher é demais! Cheia de diplomas, super ocupada, profissional dedicada, e ainda encontrou tempo para desenvolver seu talento como comediante.
Só agora descobri que ela não estava contando piada.

3)A médica má se revelou boa pessoa ao me tranquilizar. Minha maior preocupação com o excesso de peso era prejudicar o bebê ou a hora do parto.  Mas a obstetra garantiu que os quilos a mais não interferem em nada. Sem falar que minha pressão está sempre baixa. Meu bebê está saudável, perfeito e muito serelepe (mexe o tempo todo!!) e isso é o mais importante para mim. Então: tô nem aí, tô nem aí, tô nem aí…